Sentidos

 

Teus cabelos são os arvoredos ...
e os meus medos perdem os sentidos
e meus sentidos são todos seus

 

minhas sinas, meus segredos
o som hoje em meus ouvidos
seus olhos moram nos meus
Não tem que fazer sentido
Eu sei que esse meu sentido
irá pra onde for o seu

 

 

Carlos Galdino/ Camila Trindade



Escrito por Camila Trindade às 18h11
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Universo em Translação
Grupo Teatral Trapo
Monolítico Tema - Silvério Pessoa
Poemas de Paulo Leminski
1 1/2 de mim
Colecionador de Pedras